Passaporte para a equipa principal

É já amanhã que a Liga Revelação dá o seu pontapé de saída, jogando os Belenenses SAD às 11 horas, em Massamá, recebendo o Cova da Piedade. Há muito que os jogadores de Neca anseiam pela ação e também o treinador sente que a equipa está a postos.
«É uma competição nova para explorar o que os jovens têm para dar. A nossa grande ambição é conseguirmos levar valores para a equipa principal. Eles estão motivados e empenhados em dar o melhor deles próprios. Durante o campeonato vamos querer andar nos lugares de cima. Se este escalão é passaporte para a equipa A? Sim, claro que é e eles têm noção disso . Trabalhando bem aqui, com bons resultados individuais e principalmente coletivos, estão mais próximos de chegar ao grupo principal», acentua Neca, agradado com o o plantel. «Empenham-se em todos os treinos, querem aprender e evoluir a cada dia», elogia, antevendo embate difícil já na primeira jornada.
«O Cova da piedade  é adversário que, pelo que vimos, é muito empenhado. Não quer perder nenhum lance, é muito forte fisicamente e temos de tentar contrariar isso», antevê quem ainda dava «uma perninha».
«De vez em quando ainda tenho o gosto nos pés de entrar no treino em pequenas brincadeiras. Acabei há pouco tempo a carreira de jogador mas agora estou focado em passar a mensagem que fui ganhando ao logo dos anos no futebol. Se sou inspiração para os jogadores? Espero que sim, espero que eles olhem para mim com o meu passado de tantos anos de Belenenses e queiram fazer um trajeto parecido neste emblema», responde Neca, sem saber ainda se dará melhor treinador do que alguma vez foi jogador.
«Vou trabalhar para isso , agora se vou conseguir ou não… ser treinador foi pensamento que fui tendo ao longo dos anos. Foi uma sucessão natural, pode dizer-se…»